As contribuições da Análise de Conteúdo e do Discurso para os estudos em Administração

Almiralva Ferraz Gomes, Beatriz Rodrigues Silva Bockorni, Aline Záide Pinheiro Matos Santos, Kelliane de Jesus Nascimento

Resumo


Este artigo objetiva analisar as contribuições que a Análise de Conteúdo e a Análise do Discurso trazem para os estudos em Administração, tendo em vista a crescente adoção de cada uma delas, principalmente como forma de análise textual na produção científica da área. Para tal, foram levantadas e analisadas as publicações, no período de 2016 e 2017, nas bases Scielo e ANPAD, em função da credibilidade de cada uma delas para o meio acadêmico e, sobretudo, para a Administração. Nas referidas bases, foram identificados e analisados um total de 61 artigos. Do ponto de vista metodológico, a presente pesquisa é, portanto, do tipo bibliográfica e adotou uma abordagem qualitativa, uma vez que não deu tratamento estatísticos aos dados coletados e se restringiu a analisar as contribuições da produção acadêmica no referido período. O levantamento e a análise permitiram verificar que a Análise de Conteúdo e a Análise do Discurso são tipos de análise que têm uma variedade de abordagens, o que assente que os textos sejam compreendidos por completo, assim como também permite entender como o texto se insere e é percebido na sociedade.


This article aims to analyze the contributions that Content Analysis and Discourse Analysis in management studies, because that increasing adoption of each one of them, mainly as a form of textual analysis in the scientific production of the area. Then, the publications, during 2016 and 2017, were collected and analyzed in the Scielo and ANPAD databases, based on the credibility of each of them to the Management. In these bases, a total of 61 articles were identified and analyzed. From the methodological point of view, this research is, therefore, of the bibliographic type and adopted a qualitative approach, since it did not give statistical treatment to the collected data and was restricted to analyze the contributions of academic production in the referred period. The survey and analysis allowed us to verify that Content Analysis and Discourse Analysis are types of analysis that have a variety of approaches, which allows the texts to be fully understood, as well as to understand how the text is inserted and is perceived in society.

 



Palavras-chave


Administração; Análise de Conteúdo; Análise do Discurso; Estudos organizacionais.

Texto completo:

PDF

Referências


ABDALLA, Márcio Moutinho; ALTAF, Joyce Gonçalves. Análise Crítica do Discurso em Administração/Gestão: sistematização de um framework metodológico. Revista Adm. Made, Rio de Janeiro, v. 22, n. 2, p.35-47, out. 2018. Disponível em: < http://revistaadmmade.estacio.br/index.php/admmade/article/viewFile/5440/47965149>. Acesso em: 20 mar. 2019.

ABREU, Júlio Cesar Andrade de. Participação democrática em ambientes digitais: o desenho institucional do orçamento participativo digital. Cadernos EBAPE.BR, Rio de Janeiro, v. 14, n. 3, Rio de Janeiro, jul./set. 2016. Disponível em: . Acesso em: 5 nov. 2018.

ADAMOGLU DE OLIVEIRA, Samir; FRAGOSO SOBRINHO, Renata Maria; GUARIDO FILHO, Edson Ronaldo. Análise do Discurso no institucionalismo organizacional: possibilidades a partir do discurso midiático. Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, Campo Largo-PR, v. 14, n. 1, p. 45-58, jan. 2015. Disponível em: < http://www.periodicosibepes.org.br/index.php/recadm/article/view/2111>. Acesso em 15 mai. 2019.

ALYRIO, Danilo Rovigati. Pesquisa Bibliográfica: Importância, fases e utilização na produção acadêmica. In: ALYRIO, Rovigati Danilo. Métodos de Pesquisa em Administração. Rio de Janeiro: Fundação Cecierj, 2009. Cap. 5. p. 81-98.

ANDRADE, Adrianne Paula Vieira de; RAMOS, Anatália Saraiva Martins. Engajamento dos Consumidores com o Boca a Boca Eletrônico Negativo em Lojas de Aplicativos Móveis. RAC, Rio de Janeiro, v. 21, n. 6, art. 3, p. 788-810, nov./dez. 2017. Disponível em: < www.anpad.org.br/rac>. Acesso em: 1 nov. 2018.

BARDIN, Lawrence. Análise de conteúdo. 3. ed. Lisboa: Edições Setenta, 2004.

CABRAL, Augusto Cézar de Aquino. A análise do discurso como estratégia de pesquisa no campo da administração: uma visão global. Contextus - Revista Contemporânea de Economia e Gestão, Fortaleza, v. 3, n. 1, p.59-68, jan./jun. 2005. Disponível em: . Acesso em: 01 out 2018.

CAMARA, Rosana Hoffman. Análise de Conteúdo: da teoria à prática em pesquisas sociais aplicadas às organizações. Gerai - Rev. Interinst. Psicol., São João del Rey, v. 6, n. 2, p. 179-191, 2013. Disponível em: < http://pepsic.bvsalud.org/pdf/gerais/v6n2/v6n2a03.pdf>. Acesso em 12 dez. 2018.

CALDERONI, Leonardo Borges; SANTOS, Carolina Cavanha de Azeredo; RIBEIRO, Gabriel Martim Jacintho. A Construção Retórica em uma Disputa Política: Análise das Argumentações Pró e Contra o Retorno da Cobrança da CPMF. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNANÇA, 7., 2016, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPAD, 2016, p. 1-8.

CAPPELLE, Mônica Carvalho Alves; MELO, Marlene Catarina de Oliveira Lopes; GONÇALVES, Carlos Alberto. Análise de conteúdo e análise de discurso nas ciências sociais. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 5, n. 1, jan./jun. 2003. Disponível em: < http://200.131.250.22/revistadae/index.php/ora/article/view/251>. Acesso em 13 dez. 2018.

CAREGNATO, Rita Catarina Alquino; MUTTI, Regina. Pesquisa qualitativa: análise de discurso versus análise de conteúdo. Texto contexto - enferm., Florianópolis, v. 15, n. 4, p. 679-684, out./dez. 2006. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/tce/v15n4/v15n4a17.pdf>. Acesso em: 10 dez. 2018.

CHIZZOTTI, Antonio. Pesquisa Qualitativa em Ciências Humanas e Sociais. Petrópolis: Vozes, 2010.

FARIA, José Henrique de. Análise de Discurso em Estudos Organizacionais: As Concepções de Percheux e Bakthin. Teoria e Prática em Administração, João Pessoa, v. 5, n.2, p. 51-71, 2015. Disponível em: < https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/tpa/article/view/26399>. Acesso em: 10 dez. 2018.

DE PAIVA, André Luiz; GARCIA, André Spuri; ALCÂNTRA, Valderí de Castro. Disputas discursivas sobre corrupção no Brasil uma análise discursivo-crítica no twitter. RAC, Rio de Janeiro, v. 21, n. 5, p. 627-647, set./out. 2017. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rac/v21n5/1415-6555-rac-21-05-00627.pdf>. Acesso em: 10 dez. 2018.

DELLAGNELO, Eloise Helena Livramento; SILVA, Rosimeri Carvalho da. Análise de Conteúdo e sua aplicação em pesquisa na administração. In: VIEIRA, Marcelo Milano Falcão; ZOUAIN, Deborah Moraes. Pesquisa Qualitativa em Administração: Teoria e Prática. 2. Ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

FAIRCLOUGH, N.; MELO, I. Análise Crítica do Discurso como método em pesquisa social científica. Linha D’Água, São Paulo, 25(2), 307-329, 2012. Disponível em: < http://www.revistas.usp.br/linhadagua/article/view/47728/51460>. Acesso em: 10 mai. 2019.

FAIRCLOUGH, Norman. Critical discourse analysis as a method in social scientific research. In: WODAK, Ruth; MEYER, Michael (Org.). Methods of critical discourse analysis. 2 ed. Londres: Sage, 2005. p. 121-138. Disponível em: < http://www.fib.unair.ac.id/jdownloads/Materi%20Kuliah/Magister%20Kajian%20Sastra%20dan%20Budaya/Analisis%20Wacana/methods_of_critical_discourse_analysis_ruth_wodak_and_michael_meyer_sage_publications_2001.pdf>. Acesso em: 01 fev. 2019.

FAIRCLOUGH, N. Discurso e Mudança Social. Brasília: Editora UNB, 2001.

FLICK, Uwe. Introdução à pesquisa qualitativa. 3. ed. São Paulo: Artmed, 2009.

FREITAS, Henrique M. R. de; CUNHA JR., Marcus V.M. da; MOSCAROLA, Jean. Aplicação de sistema de software para auxílio na análise de conteúdo. São Paulo, RAUSP, v. 32, n. 3, jul./set. 1997, p. 97-109. Disponível em: < http://gianti.ea.ufrgs.br/files/artigos/1997/1997_052_RAUSP_Freitas_Cunha_Moscarola.pdf>. Acesso em 10 dez. 2019.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 23. ed. São Paulo: Loyola, 1996.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (Org.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da Ufrgs, 2009. Disponível em: . Acesso em: 22 jan. 2019.

GIL, Antonio Carlos. Como classificar as pesquisas. In: GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002. Cap. 2. p. 41-58.

GODOY, Arilda Schmidt. Pesquisa qualitativa: tipos fundamentais. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 35, n. 3, p. 20-29, maio/jun. 1995. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rae/v35n3/a04v35n3.pdf>. Acesso em: 11 nov. 2018.

GOLDSCHMIDT, Cristina Chaves; IRIGARAY, Arthur. Resiliência: (Des)construindo o constructo sob a ótica dos gestores. In: ENCONTRO DE ESTUDOS ORGANIZACIONAIS DA ANPAD, 9., 2016, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: ANPAD, 2016, p.1-17.

GONDIN, Sônia Maria Guedes; FISHER, Tânia. O discurso, a análise de discurso e a metodologia do discurso do sujeito coletivo na gestão intercultural. Caderno Gestão Social, Salvador, v. 2, n. 1, p. 09‐26, set./dez. 2009. Disponível em: < https://www3.ufpe.br/moinhojuridico/images/ppgd/9.6e%20analise_de_discuso_discurso_sujeito_coletivo_por_sonia_gondim.pdf>. Acesso em: 12 jan. 2019.

MACÊDO, Dartagnan Ferreira de; COSTA, Antonio Carlos Silva. Estratégia Saúde da Família: Análise dos Problemas e Potencialidades da Política Pública na Percepção de Gestores de Unidades de Saúde. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNANÇA, 7., 2016, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPAD, 2016. p.1-9.

MAINGUENEAU, Dominique. Novas tendências em análise do discurso. 3. ed. Campinas: Pontes, 1997.

MENESES, Anelise Florencio de; PETER, Heloisa Viana. Nível de Evidenciação das Demonstrações Contábeis do Setor Público: um Estudo nas Capitais Brasileiras. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNANÇA, 7., 2016, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPAD, 2016. p.1-8.

MENEZES, Raquel Santos Soares; SILVA, Francielih Dorneles. Trabalho e identidades de gênero de gestoras de organizações do agronegócio em Minas Gerais. Revista Brasileira de Estudos Organizacionais, Curitiba, v. 3. n. 2, p. 127-144, dez, 2016. Disponível em: < https://rbeo.emnuvens.com.br/rbeo/article/view/81>. Acesso em: 15 fev. 2019.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 7. ed. São Paulo: Hucitec, 2000.

MONTEIRO, Lilian Alfaia; TEIXEIRA, Ana Celano. 'Terra à Vista!': Explorando Outras Possibilidades em Análise do Discurso em Estudos Organizacionais. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 13, n. 1, p. 69-85, 2018. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2019.

MORESCHI, Rafael Klein; FILIPPIM, Eliane Salete. Política Pública para Educação Profissional: um Olhar sobre o Papel do Instituto Federal de Santa Catarina. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNANÇA, 7., 2016, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPAD, 2016. p.1-8.

MOZZATO, Anelise Rebelat; GRZYBOVSKI, Denize. Análise de conteúdo como técnica de análise de dados qualitativos no campo da Administração: potencial e desafios. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 15, n. 4, p. 731-747, 2011. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rac/v15n4/a10v15n4>. Acesso em: 15 fev. 2019.

PINTO, Marcelo de Rezende; DE FREITAS, Rodrigo Cassimiro. Em busca de uma articulação entre técnicas projetivas, análise do discurso e os estudos do consumo. O&S, Salvador, v. 24, n. 80, p. 157-176, jan./mar. 2017. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/osoc/v24n80/1413-585X-osoc-24-80-0157.pdf>. Acesso em: 15 fev. 2019.

RODRIGUES, Marcio Silva; DELLAGNELO, Eloise Helena Livramento. Do discurso e de sua análise: reflexões sobre limites e possibilidades na Ciência da Administração. Cadernos EBAPE.BR, Rio de Janeiro, v. 11, n. 4, p. 621-635, dez. 2013.

RODRIGUES, Ieda Raquel Bueno et al. Trabalho, poder e gênero: um estudo na polícia militar do estado de minas gerais. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNANÇA, 7., 2016, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPAD, 2016, p. 1-8.

SCHIAVIN, Janaiana Mortari; GARRIDO, Ivan. Análise de Conteúdo, Discurso ou Conversa? Similaridades e Diferenças entre os Métodos de Análise Qualitativa. Revista do Mestrado em Administração e Desenvolvimento Empresarial, Rio de Janeiro, v. 22, n. 2, 2018.

SILVA, Andressa Hennig; FOSSÁ, Maria Ivete Trevisan. Análise de Conteúdo: Exemplo de aplicação da Técnica para Análise de dados qualitativos. Qualitas, Campina Grande, v.17, n.1, 2015. Disponível em: evista.uepb.edu.br/index.php/qualitas/article/view/2113/1403. Acesso em: 22 mar. 2019.

TEIXEIRA, Joseane Mendes; MACEDO, Fernanda Maria Felício; BOAVA, Diego Luiz Teixeira; PEREIRA, Jussara Jéssica. Vivências e Percepções sobre Estratégia em um Ambiente Organizacional Público: um Estudo de Caso. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNANÇA, 7., 2016, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPAD, 2016. p.1-8.

VALENT, Vinicius Dornelles; VINHAS, Luciana Iost. Análise do Discurso: Um Aporte à Teoria das Organizações. Rigs, São Paulo, v. 4, n. 1, p.39-53, jan. 2015. Disponível em: < https://portalseer.ufba.br/index.php/rigs/article/view/9028> Acesso em: 15 jan. 2019.

VERGARA, Sylvia Constant. Métodos de Pesquisa em Administração. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2006.




DOI: https://doi.org/10.28950/1981-223x_revistafocoadm/2020.v13i1.695

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Foco

e-ISSN: 1981-223x 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.