As dificuldades encontradas na implantação do e-social em empresas do município de São Luís do Maranhão

Renato Caldas da Silva, Paulo Roberto Campelo Fonseca e Fonseca

Resumo


Com a instituição do novo tipo de governo digital por meio do Decreto nº 8373/2014, o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial), as empresas tiveram que remodelar seus processos organizacionais, bem como sua infraestrutura de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Nesse sentido, este artigo parte da seguinte problemática: Quais são as dificuldades na implementação do sistema eSocial pelas empresas do município de São Luís do Maranhão? Este artigo tem como objetivo levantar nas empresas do município de São Luís quais são as dificuldades na implementação do eSocial. Para tanto se utilizou do método de levantamento com aplicação de formulário junto a profissionais de Recursos Humanos de empresas ludovicenses, que no ato da pesquisa estavam a passar pelo processo de implementação do eSocial e manipulam esta ferramenta. Os resultados obtidos apresentaram que 59% das empresas concordam que praticavam atividades em discordância com o prescrito na lei trabalhista e, 46% concordam que possuem dificuldades tanto no registro de eventos periódicos e não periódicos do eSocial. Na dimensão apoio de outras áreas organizacionais ao RH na implantação do eSocial, obteve-se concordância de 58%.

 

With the introduction of the new type of digital government through Decree 8373/2014, the Digital Bookkeeping System for Tax, Social Security and Labor Obligations (eSocial), companies had to reshape their organizational processes, as well as their IT infrastructure. Information and Communication (ICT). In this sense, this article starts with the following problematic: What are the difficulties in the implementation of the social system by the companies of the state of Maranhão? This article has as objective to raise in the companies of the municipality of São Luís what are the difficulties in the implementation of eSocial. In order to do so, the survey method was used with the application of the Human Resources professionals of the Ludovician companies, who at the time of the research were going through the process of implementing eSocial and manipulating this tool. The results showed that 59% of the companies agree that they practiced activities in disagreement with what was prescribed in the labor law, and 46% agree that they have difficulties both in the registration of periodic and non-periodical eSocial events. In the dimension of support of other organizational areas to the HR in the implantation of eSocial, agreement was obtained of 58%.


Palavras-chave


eSocial; Governo Digital; TIC

Texto completo:

PDF

Referências


BERTUCCI, Janete Lara de Oliveira. Metodologia básica para elaboração de trabalhos de conclusão de cursos. São Paulo: Atlas, 2008.

BRASIL. Lei nº 13.467, de 13 de julho de 2017. Altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, e as Leis nos 6.019, de 3 de janeiro de 1974, 8.036, de 11 de maio de 1990, e 8.212, de 24 de julho de 1991. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, jul. 2017. Disponível em: < https://legis.senado.leg.br/norma/17728053/publicacao/17728664>. Acessado em: 14 jan. 2019

BRASIL. Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Estratégia de Governança Digital: Transformação Digital: cidadania e governo. Brasília: MP, 2018. Disponível em: < https://www.governodigital.gov.br/EGD/documentos/revisao-da-estrategia-de-governanca-digital-2016-2019.pdf>. Acessado em: Acesso em: 04 abr. 2017.

BRASIL. Resolução do Comitê Diretivo do eSocial nº 3, de 29 de novembro de 2017. Altera a Resolução do Comitê Diretivo do eSocial nº 2, de 30 de agosto de 2016, para estabelecer a implementação progressiva do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas - eSocial. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, nov. 2017. Disponível em: < http://portal.esocial.gov.br/institucional/legislacao/legislacao/resolucao-do-comite-diretivo-do-esocial-no-03-de-29-de-novembro-de-2017>. Acessado em: Acesso em: 12 set. 2017

CHAHIN, Ali et al. e-gov.br: a próxima revolução brasileira: eficiência, qualidade e democracia: o governo eletrônico no Brasil e no mundo. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

DINIZ, E. H. et al. O. O governo eletrônico no Brasil: perspectiva histórica a partir de um modelo estruturado de análise. RAP, Rio de Janeiro, v. 43, n.1, p. 23-48, jan./fev. 2009. Disponível em: . Acesso em: 04 abr. 2017.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MARCONI, M. de A. LAKATOS, E. M. Metodologia Científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

MASCARENHAS, Sidnei Augusto. Metodologia científica. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012.

NASCIMENTO, João Belniro. Tecnologia da Informação Gerencial. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2015.

OLIVEIRA, Aristeu de. eSocial: Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas: manual prático. São Paulo: Atlas, 2014.

OLIVEIRA, Edson. Contabilidade Digital. São Paulo: Atlas, 2014.

OLIVEIRA, Fatima Bayama de (org.). Tecnologia da informação e comunicação: a busca de uma visão ampla e estruturada. São Paulo: Pearson Prentice Hall: Fundação Getúlio Vargas, 2007.

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO eSOCIAL: Versão 2.2, Setembro de 2016. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2017

REZENDE, Mardele Eugênia Teixeira; SILVA, Marilene Luzia da; GABRIEL, Ricardo Alexander. eSocial: prático para gestores. São Paulo: Érica, 2016.

REZENDE, Vanessa. eSocial: pesquisa da FENACOM revela expectativa dos empresários. Revista FENACOM, São Paulo, v. 182, jul-ago. 2017. Disponível em: . Acesso em: 04 abr. 2018.

RUEDIGER, Marco Aurélio. Governo eletrônico e democracia: uma análise preliminar dos impactos e potencialidades na gestão pública. o&s, v.9, n. 25, set/dez. 2002. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2018.

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. DEPARTEMENTO NACIONAL. Cartilha eSocial do sistema indústria. Brasília, 2017. Disponível em: . Acessado em: 13.06.2018

TAKAHASHI, Tadao (Org.). Sociedade da informação no Brasil: livro verde. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000. Disponível em: . Acesso em: 04 abr. 2018.

VELLUCCI, Rosana Gribl. VENELLI-COSTA, Luciano. CAPPELLOZZA, Alexandre. Os desafios da implantação do esocial. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 20., 2017, São Luís. Anais... São Paulo: USP, 2017. Disponível em: . Acesso em: 04 abr. 2018.

VELOSO, Renato. Tecnologias da informação e da comunicação: desafios e perspectivas. São Paulo: Saraiva, 2011.

VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. São Paulo: Atlas. 2000.




DOI: https://doi.org/10.28950/1981-223x_revistafocoadm/2019.v12i3.672

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Foco

e-ISSN: 1981-223x 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.