Seleção Interna por Competências: proposta para implantação do processo na Justiça do Trabalho brasileira.

Higya Alessandra Merlin, Fernando Faleiros de Oliveira, Djanires Lageano Neto de Jesus

Resumo


O presente trabalho objetiva analisar o processo de seleção interna por competências na Administração Pública Federal e sua respectiva aplicação na Justiça do Trabalho Brasileira. As questões a que se pretendeu responder na pesquisa foram: “Como é realizada a seleção interna na Justiça do Trabalho e Quais são as oportunidades de melhoria evidenciadas no processo de seleção interna aplicado na Justiça do Trabalho?”. Para tanto, foi realizada pesquisa de abordagem qualitativa e quantitativa, com levantamento bibliográfico e documental, incluindo as práticas em curso no que se refere ao estudo em tela. Com base no material pesquisado, foi elaborada proposta para a implantação do processo de seleção interna por competências na Justiça do Trabalho brasileira, obedecendo as exigências legais. O estudo permitiu concluir que as diretrizes para a gestão de pessoas na Administração Pública Federal são claras e fundamentadas, tendo como base o modelo de Gestão por Competências. Aliando o fato às práticas já existentes, foi possível identificar oportunidades de melhoria e delinear uma proposta para o processo de seleção interna por competências para a Justiça do Trabalho.

 

This research had objective to analyze the internal selection by competences process in the Brazilian Federal Public Administration and its respective application in the Brazilian Labor Court. The questions that were intended to answer were: "How is the internal selection and What are the opportunities for improvement evidenced in the internal selection process applied in the Brazilian Labor Court?". For this, a qualitative and quantitative research was carried out with a bibliographical and documentary survey, including the current practices regarding the study on screen. Based on the material researched, a proposal was made to implement the internal selection by competencies process, obeying legal requirements. The study allowed us to conclude that the guidelines for people management in the Federal Public Administration are clear and based on the model of People Management by Competencies. Combining the fact with existing practices, it was possible to identify opportunities for improvement and to outline a proposal for the internal selection process by competencies for Labor Justice.


Palavras-chave


Gestão por Competências; Seleção Interna; Gestão de Pessoas; Gestão Pública.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAUJO, L. C. G. Gestão de pessoas: estratégias e integração organizacional. São Paulo: Atlas: 2006.

ARAÚJO JÚNIOR, J. A.; MARTINS, I. Gestão por competências na administração pública: uma análise bibliométrica a partir do Decreto Lei 5.707/2006. Revista Gestão.Org, v. 12, n. 2, p. 153-162, 2011.

BERNARDI, L. A. Manual de empreendedorismo e gestão: fundamentos, estratégias e dinâmicas. São Paulo: Atlas, 2003.

BERTO, A. R. Gestão de pessoas: a importância da seleção por competências. In: Congresso virtual brasileiro de administração, 2013. Disponível em: http://www.convibra.com.br/artigo.asp?ev=22&id=7551. Acesso em: 09 abr.2017.

BRASIL. Conselho Nacional de Justiça. Resolução nº 240, de 9 de setembro de 2016. Disponível em: http://www.cnj.jus.br///images/atos_normativos/resolucao/resolucao_240_09092016_15092016135414.pdf. Acesso em: 08 ago. 2017.

BRASIL. Conselho Superior da Justiça do Trabalho. Resolução nº 92, de 29 de fevereiro de 2012. Disponível em: http://aplicacao.tst.jus.br/dspace/bitstream/handle/1939/20716/2012_res0092_csjt_rep02.pdf?sequence=3. Acesso em: 09 abr. 2017.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. DF: Senado Federal, 1988.

BRASIL. Tribunal de Contas da União - TCU.
Acórdão nº 2212/2015. Brasília: TCU, Plenário, 2015. Disponível em: < https://contas.tcu.gov.br/pesquisaJurisprudencia/#/detalhamento/11/*/NUMACORDAO%3A2212%20ANOACORDAO%3A2015/DTRELEVANCIA%20desc%2C%20NUMACORDAOINT%20desc/false/1>. Acesso em: 13 maio 2017.

BRASIL. Tribunal de Contas da União - TCU.
Acórdão nº 3023/2013. Brasília: TCU, Plenário, 2013. Disponível em: < http://portal.tcu.gov.br/unidades/secretaria-de-fiscalizacao-de-pessoal/perfil-de-governanca-de-pessoas/>. Acesso em: 13 maio 2017.

BRASIL. Tribunal de Contas da União - TCU.
Acórdão nº 358/2017. Brasília: TCU, Plenário, 2017. Disponível em: . Acesso em: 14 maio 2017

BRASIL. Tribunal de Contas da União - TCU.
Levantamento de governança e gestão de pessoas – ciclo 2013. Brasília: TCU, Secretaria de Fiscalização de Pessoal, 2013. Disponível em: < http://portal.tcu.gov.br/unidades/secretaria-de-fiscalizacao-de-pessoal/perfil-de-governanca-de-pessoas/ >. Acesso em: 08 abr. 2017.

BRASIL. Tribunal de Contas da União - TCU.
Levantamento de governança e gestão de pessoas – ciclo 2016. Brasília: TCU, Secretaria de Fiscalização de Pessoal, 2016. Disponível em: < http://portal.tcu.gov.br/unidades/secretaria-de-fiscalizacao-de-pessoal/perfil-de-governanca-de-pessoas/ >. Acesso em: 08 abr. 2017.

BRASIL. Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região. Processo seletivo interno: a experiência do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região com a implantação do projeto de gestão por competências. Disponível em: http://www2.tjam.jus.br/mostradaqualidade/pdf/gestaoDePess/PROJETO-12.pdf. Acesso em: 11 maio 2017.

BRASIL. Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região. Portaria nº 100, de 1º de junho de 2016. Disponível em: . Acesso em: 11 maio 2017.

BRASIL. Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região. Portaria GP nº 2102, de 18 de setembro de 2014. Disponível em: . Acesso em: 11 maio 2017.

DUTRA, J. S. Avaliação de pessoas na empresa contemporânea. São Paulo: Atlas, 2014.

FERNANDES, B. R. Gestão estratégica de pessoas com foco em competências. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

FERREIRA, V. C. C. P. Gestão de pessoas. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2012.

FIORELLI, J. O. Psicologia para administradores. São Paulo: Atlas, 2006.

FLEURY, M. T. L., FLEURY, A. Construindo o conceito de competência. Revista de administração contemporânea, v. 5, p. 183-196, 2001.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GIUDICE, R. C. Desafios na gestão de pessoas por competências na administração pública federal brasileira. Rev brasileira de planejamento e orçamento, v. 2, n. 2, p. 188-204, 2012.

JUNQUEIRA, C. R. Gestão por competências sem mistérios. São Paulo: Baraúna, 2009.

LEME, R. Gestão por competências no setor público. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2011.

LEME, R. Aplicação prática de gestão de pessoas por competências. 2. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2012.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MONTANA, P. J.; CHARNOV, B. H. Administração. São Paulo: Saraiva, 2010.

NERI, A. A. Gestão de RH por competências e a empregabilidade. Campinas, SP: Papirus, 2005.

PANTOJA, M. J. Gestão por competências. Brasília: Enap, 2015. Disponível em: < http://repositorio.enap.gov.br/bitstream/1/2522/1/Gcomp%20-%20ApostilaCE.pdf>. Acesso em:19 mar. 2017.

PIRES, K. et al. Gestão por competências em organizações de governo. DF: Enap, 2005.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2 ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

RUAS, R. L.; ANTONELLO, C. S.; BOFF, L. H. Os novos horizontes de gestão: aprendizagem organizacional e competências. São Paulo: Artmed, 2005.

RUZZARIN, R.; AMARAL, A. P.; SIMIONOVSCHI, M. Sistema integrado de gestão de pessoas com base em competências. Porto Alegre: Age, 2006.

SANTOS, A. P. Gestão por competência na administração pública: balanço da experiência federal e análise de casos de organizações. In: VIII CONSAD, 2015. Brasília/DF. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2017.

SILVA, F. M.; MELLO, S. P. T. A implantação da gestão por competências: práticas e resistências no setor público. Revista eletrônica de administração e turismo, v. 2, n. 1, p. 110-127, jan/jun 2013.

SOUZA, D. A.; PAIXÃO, C. R.; SOUZA, E. A. Benefícios e dificuldades encontradas no processo de seleção de pessoas: uma análise do modelo de seleção por competências, sob a ótica de profissionais da área de gestão de pessoas. Rev Gestão & Regionalidade, v. 27, n. 80, p. 45-58, mai/ago 2011.




DOI: https://doi.org/10.28950/1981-223x_revistafocoadm/2019.v12i1.636

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Foco

e-ISSN: 1981-223x 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.