GESTÃO DO VOLUNTARIADO: Um Panorama dos Estudos Realizados no Brasil.

Sheila Patrícia Ramos, Maria José Carvalho de Souza Domingues

Resumo


Um novo padrão de voluntariado iniciou a partir de 1990 no Brasil, foram criados centros de referência que tinham por objetivo organizar, capacitar e direcionar o trabalho voluntário. A presente pesquisa tem como objetivo analisar os estudos publicados no Brasil sobre o tema gestão do voluntariado e com isso pretende-se mapear estudos teóricos e empíricos nacionais. Para tanto, foi realizada uma pesquisa bibliométrica, de caráter exploratório-descritiva, em dados secundários. Os resultados foram dispostos em forma de tabela. A amostra foi composta por quinze estudos, sendo artigos científicos publicados em revistas e eventos. A média de autores identificados nos artigos foram de 2,4. Predominam as pesquisas práticas e qualitativas com uso da técnica de entrevista apoiado pelo uso de documentos e/ou observação.  80% das pesquisas são qualitativas e 20% de natureza quali/quanti. 80% dos estudos identificados são práticos, 60% foram publicados em fontes classificadas pela CAPES como “B” e 40% “A”. 

 

A new voluntary standard started from 1990 in Brazil, the reference centers have been created that aimed to organize, train and direct volunteer work. This research aims to analyze the studies published in Brazil the problem of volunteer management and aims to map theoretical and empirical national. For this, a bibliometric, descriptive and exploratory research was conducted on secondary data. The results were arranged in a table. The sample consisted of fifteen scientific studies and articles published in magazines and events. The average number of authors identified in Articles 2.4. Predominance of practice and qualitative research using the interview technique with the support of the use of documents and / or observation. 80% of research is qualitative and 20% qualitative / quantitative nature. 80% of the identified studies are practical, 60% were published in classified by CAPES as "B" and 40% "A" sources.


Palavras-chave


Gestão; Voluntariado; Trabalho voluntário

Texto completo:

PDF

Referências


AURÉLIO, A. Voluntariado: a prática e a gestão. Revista Inovcom, v.8, n. 2, p. 104-119, 2015.

BARBOSA, A. C. Q. A produção acadêmica em recursos humanos no Brasil: fato ou ficção. Revista Eletrônica de Administração, v. 3, n. 2, p. 1-8, 2004.

CORULLÓN, M. B. G. FILHO, Barnabé Medeiros. Voluntariado na Empresa: Gestão eficiente da participação cidadã. São Paulo: Peirópolis, 2002.

DIAS, R. A. M.; PALASSI, M. P. Produção científica sobre o voluntariado: uma análise a partir dos artigos publicados nos principais eventos e revistas nacionais de administração. In: Conferência Regional de ISTR para América Latina e El Caribe, 2007, Salvador. Anais... Salvador, VI Conferencia Regional de ISTR para América Latina e El Caribe, 2007.

Dias, R. A. M., Neto A. de P., Baldam R. de L. CCQ social: tecnologia de gestão no voluntariado empresarial. XXIX Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Anais... Salvador: Enegep, 2009.

DOHME, V. D. Voluntariado: equipes produtivas: como liderar ou fazer parte de uma delas. São Paulo: Editora Mackenzie, 2001.

DOMENEGHETTI, A. M. Voluntariado: gestão do trabalho voluntário em organizações sem fins lucrativos. São Paulo: Editora Esfera, 2001.

ENGEL, W. A década dos voluntários: o papel do voluntariado empresarial. In.: Olhares sobre o voluntariado corporativo, 2012.

FISCHER, R. M.; FALCONER, A. P. Voluntariado empresarial – estratégias de empresas no Brasil. Revista de Administração, 36(3), 15-27, 2001.

FRANÇA FILHO, G. C.; SALAZAR, C. R. S. Por uma crítica anti-utilitarista da gestão do Voluntariado: reflexões à luz do caso Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). In: Encontro de Estudos Organizacionais, 2006, Porto Algre. Anais... Porto Alegre: Eneo, 2006.

GARAY, A. B. B. S. Programa de voluntariado empresarial: modismo ou elemento estratégico para as organizações. Revista de Administração da Universidade de São Paulo, v. 36, n. 3, 2001.

GUEDES, V. L. S; BORSCHIVER, S. Bibliometria: uma ferramenta estatística para a gestão da informação e do conhecimento, em sistemas de informação, de comunicação e de avaliação científica e tecnológica.CINFORM–Encontro Nacional de Ciência da Informação, v. 6, 2005.

HAIR JR, J. F. et al. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre : Bookman, 2005.

HWANG, H.; POWELL, W. The rationalization of charity: The influences of profissionalism in the Nonptofit Sector. Administrative Science Quarterly, 54, 268-298, 2009.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. In: Fundamentos de metodologia científica. Atlas, 2010.

MEYER JR, V.; PASCUCCI, L.;MURPHY, J. P. Volunteers in Brazilian Hospitals: Good Citizens or Strategic Agents? Voluntas: International Journal of Voluntary and Nonprofit Organizations, 24(2), 293-310, 2012.

OKABAYASHI, R. Y.; COSTA, S. F. O serviço voluntário em hospitais do terceiro setor em Londrina: da sua configuração à construção de novos referenciais de gestão. Serv Soc. Rev, v. 10, n. 2, p. 14-25, 2008.

OLIVEIRA, F. C.; BEZERRA, R. M. M. Fatores que geram a evasão no trabalho voluntário. In.: Encontro de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho, 2007, Natal. Anais... Natal: EnGPR., 2007.

PACE, E. S., de OLIVEIRA, A. M., & de ALKMIM, W. F. (2012). A Criação de Valor na Gestão da Mão de Obra Voluntária no Terceiro Setor. Revista de Administração da Unimep-Unimep Business Journal, 10(3), 218-242.

PINHEIRO, L. R. Filantropia empresarial e trabalho voluntário: interação e conflito na gestão de voluntariado. Revista O&S, v. 9, n. 23, 2002.

PORCIUNCULA, J. Organização e Gestão do trabalho voluntário: um estudo comparativo em Instituições Hospitalares Brasil-EUA. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento). Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí, 2009.

PRITCHARD, A. Statistical bibliography or bibliometrics?. Journal of documentation, n. 25, p. 348-349, 1969.

PROCOPIUCK, M.; MEYER J. V. Gestão estratégica em ambiência de trabalho voluntário. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, v. 16, n. 58, 2011.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa Social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 2012.

RODRIGUES, K. M. O trabalho voluntário de sua gestão: um estudo de caso em hospital comunitário. Dissertação (Mestrado em Administração). Escola de Negócios da Pontifícia Universidade do Paraná, Curitiba, 2014.

RODRIGUES, K. M.; MEYER J., V.; CRUZ, J. A. W. Trabalho voluntario e seu gerenciamento: desafios para um hospital comunitário. Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde. v. 11, n. 4, p. 306-323, Outubro-Dezembro, 2014.

SANTOS, Nilcéia Cristina et al. A retenção de talentos não remunerados: um modelo de gestão de voluntários que atuam no Terceiro Setor Brasileiro. Revista Organizações em Contexto, v. 11, n.22, jul-dez., 2015.

SANTOS, T. DE C., CAVALCANTE, C. E. Voluntariado Empresarial: Programa de Voluntariado Empresarial da SPA S.A. IIX SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO - FEA-USP. Anais... São Paulo: SemeAd, 2009.

SILVA, K. V. S.; NETO, L. M. O processo de Gestão do Voluntariado: um estudo de caso na Associação Amigos do Hospital. Revista de Administração da UEG, v. 2, n. 2, p. 3-22, 2012.

SOBOLH, T.; WIDMAN, S. Voluntariado, a possibilidade da esperança: cenário do trabalho voluntario no Brasil. São Paulo: Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Eisntein, 2011.

THOMAS, J. R.; SILVERMAN, S.; NELSON, J.. Research Methods in Physical Activity, 7E. Human Kinetics, 2015.

TEODÓSIO, A. D. S. Voluntariado: entre a utopia e a realidade da mudança social. In: Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-graduação em Administração, 2002, Recife. Anais... Recife: Enanpad, 2002.

VIDAL, F. A. B. et al. Gestão Participativa e Voluntariado: Sinais de uma Racionalidade Substantiva na Administração de Organizações do Terceiro Setor. Revista da Faculdade Integrada do Ceará, p. 27, 2004.




DOI: https://doi.org/10.28950/1981-223x_revistafocoadm/2016.v9i1.223

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

e-ISSN: 1981-223x 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.