ESTILOS DE GERENCIAR: um estudo em uma organização Policial Militar

Andressa Hennig Silva, Michel Everton Ramos Gomes

Resumo


O ambiente militar é caracterizado pelo regime autoritarista, pautado pela hierarquia e disciplina; não obstante, cada superior adota um estilo particular de gerenciar seus subordinados. Neste estudo objetivou-se identificar de que forma os integrantes da Brigada Militar percebem o estilo de gerenciar adotado pelos seus superiores. Para isso, realizou-se uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa, utilizando-se o método survey. O estudo foi realizado com integrantes da corporação da Brigada Militar da cidade de Santana do Livramento/RS, que trabalham exclusivamente na rua. A população diz respeito a 185 policiais, obteve-se o número de 101 respondentes, o questionário utilizado, foi composto pela Escala de Avaliação do Estilo de Gerenciar (EAEG), além de questões de perfil sociodemográfico. Analisaram-se os dados através do software SPSS versão 20. As técnicas estatísticas utilizadas, dizem respeito a Estatística Descritiva e Alpha de Cronbach. O estilo mais presente percebido pelos subordinados, refere-se ao voltado para a Tarefa. Nesse estilo de gerir, evidencia-se a forte cobrança por cumprimento das tarefas propostas. Por fim, mesmo pautado por uma postura austera adotada pela maioria dos superiores, há um número considerável de lideres que utilizam outros estilos, que não são convencionais ao militarismo, ou seja, esse fato pode sinalizar uma mudança organizacional.


Palavras-chave


Estilos de gerenciar; Brigada Militar; Liderança

Texto completo:

PDF

Referências


BERGAMINI, C. W. Liderança: administração do sentido. São Paulo: Atlas, 1994.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição 1988: texto constitucional de 5 de outubro de 1988 com as alterações adotadas pelas emendas constitucionais nos 1/92 a 19/98 e emendas constitucionais de revisão nos 1 a 6/94. Ed. atual. em 1988. Brasília: Senado Federal, Subsecretaria de Edições Técnicas, 1998. 335 p. Brasília, DF: Senado, 1998.

MELO, E. Escala de avaliação do estilo gerencial (EAEG): desenvolvimento e validação. Revista Psicologia: Organizações e Trabalho, v. 4, n. 2, p. 31-62, julh/dez., 2004.

SIQUEIRA, M. Novas medidas do comportamento organizacional: ferramentas de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Artmed, 2014.

SMITH, P. B.; PETERSON, M. F. Liderança, Organizações e Cultura: Modelo de Administração do Evento. São Paulo: Pioneira, 1994.




DOI: https://doi.org/10.28950/1981-223x_revistafocoadm/2016.v9i1.169

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

e-ISSN: 1981-223x 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.